Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Imagem 1
Notícias
07/05/2012

Venha participar do II Concurso de Quadrihas do Seminário Santo Antônio

 No próximo mês de Junho, o nosso Seminário estará festejando Santo Antônio, o nosso padroeiro.

Este ano iremos realizar o tríduo de Santo Antônio juntamente com a Catedral Metropolitana de Juiz de Fora, entre os dias 10 e 12 de Junho.

No dia 13 de Junho, dia de Santo Antônio daremos inicio a tradicional Feira de Santo Antônio que acontecerá até o dia 17 do mesmo mês.

Este ano iremos mais uma vez realizar o Concurso de Quadrilhas, o mesmo acontecerá na sexta-feira dia 15 de Junho a partir das 19h.

As incrições se inicia n próximo dia 12 de Maio e vai até o dia 10 de Junho, sendo que este no será limitado a participação, apenas 5 grupos poderão se apresentar, e o critério da escolha será a ordem de entrega das incrições, por isso o quanto antes  realizar a inscrição melhor.

Então organize seu grupo, participe conosco, abaixo temos o regulamento do II Concurso de Quadrilhas, maiores informações ou dúvidas basta ligar para o telefone (032) 3239-8600 e procurar o Seminarista Leonardo Loures.

 

REGULAMENTO


CAPÍTULO I – Da Finalidade


Art. 01 – O II Concurso de Quadrilhas do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, tem por finalidade valorizar, difundir e incentivar a Festa de Santo Antônio em nosso Seminário.


CAPÍTULO II – Dos Participantes          


Art. 02 – As inscrições dos Grupos participantes no II Concurso de Quadrilhas serão entre os dias 12 de Maio a 10 de Junho de 2012, sendo que só participaram no máximo cinco grupos, sendo assim as cinco primeiras fichas entregues garantem a participação.


Art. 03 – As inscrições para participação no II Concurso de Quadrilhas deverão ser efetuadas em formulário próprio do Concurso e entregues no seminário ou enviados por meio eletrônico, para o e-mail: secretaria@seminariosantoantoniojf.com.br.

 Maiores informações procurar o Seminarista Leonardo Loures no telefone (032) 3239-8600.


Art. 04 – As Quadrilhas Juninas deverão ser constituídas por no mínimo 12 (doze) pares e no máximo 24 (vinte quatro) pares. O não cumprimento a este item acarretará na perda de 02 (dois) pontos do somatório total das notas.


Art. 05 – É de responsabilidade das Quadrilhas Juninas a utilização de música ao vivo ou mecânica, ficando o seminário responsável pelo equipamento sonoro.


CAPÍTULO III – Das Exibições         


Art. 06 - As Quadrilhas Juninas deverão estar no local de concentração, com todos os componentes devidamente caracterizados, meia hora antes do inicio de sua apresentação, ficando as mesmas, que não cumprirem com o horário estabelecido, penalizadas com a perda de 02 (dois) pontos do somatório geral dos jurados.


Art. 07 - A ordem de apresentação das Quadrilhas no II Concurso de Quadrilhas será definida através de sorteio meia hora antes do inicio, no caso as 18h30. Ficando definido que a Quadrilha que não cumprir o seu horário de entrada perderá pontos.


CAPÍTULO IV – Tempo de Apresentação          


Art. 08 - Cada Quadrilha terá direito a 25 (vinte e cinco) minutos de apresentação, se a mesma ultrapassar o tempo determinado, perderá 05 (cinco) pontos do somatório total.


Art. 09 - De uma Quadrilha Junina para outra, haverá um intervalo de 05 (cinco) minutos, ficando o presidente da mesa autorizado para dar início à apresentação, assim que completar o tempo do intervalo.

Art. 10 - A Quadrilha que não entrar no seu horário marcado, perderá 05 (cinco) pontos do somatório total, e a que exceder o tempo determinado perderá 05 (cinco) pontos por cada minuto ultrapassado.


Art. 11 – A Quadrilha Junina será informada através do Presidente da mesa por placas indicativos de acordo com as cores:


a)      Verde – Início da apresentação


b)      b) Amarelo – Preparar para a saída (restam cinco minutos)


c)       Vermelho - Tempo de apresentação esgotado (perda de pontos de acordo com o regulamento)


CAPÍTULO V – Da Comissão Julgadora          


Art. 12 - A Comissão Julgadora será composta por 05 (cinco) representantes, onde cada jurado julgará todos os itens.


Art. 13 - Fica a Comissão Organizadora, responsável pela indicação dos jurados.


Art. 14 - - Serão somadas as notas de cada jurado de acordo com os itens a serem avaliados.


CAPÍTULO VI – Do Julgamento          

 

Art. 15 - Os jurados atribuirão notas numa escala de 05 (cinco) a 10 (dez), sendo admitido notas fracionadas, ou seja, 5.6, 6.4, 7.7, 8.9, etc., por quesito julgado.


Art. 16 – A Comissão Julgadora deverá analisar os seguintes itens:


a) Figurino; 

b) Animação; 
c) Coreografia e harmonia; 
d) Marcador; 
e) Repertório Musical


Art. 17 – Para efeito de julgamento, os itens julgados serão assim especificados:


a) Figurino: deve estar adequado à festa junina e de acordo com estilo, enredo e criação da Quadrilha. Deve-se levar em consideração a originalidade e a criatividade dos materiais utilizados na confecção do vestuário, deve-se também perceber e valorizar a harmonia das cores e o conjunto destas, sempre atentando para a temática abordada pela Quadrilha Junina.


b) Animação: Demonstração de um estado de alegria. A alegria espontânea da Quadrilha, vivacidade, entusiasmo. Deve-se perceber a exaltação prazerosa, o entusiasmo que se desenvolve durante a apresentação através do repertório, da simpatia dos brincantes, etc. Atenção para não confundir animação com algazarra.
c) Coreografia e harmonia: Dança coletiva dos pares da Quadrilha Junina. Deverá obedecer ao comando do marcador que indicará os passos a serem executados. Serão consideradas as diversidades das coreografias, graça e leveza das damas, elegância e desenvoltura dos cavalheiros. Atentar para que as inovações não descaracterizem a originalidade da dança Quadrilha. As Quadrilhas Juninas deverão apresentar passos tradicionais juninos. Em harmonia, entende-se pela organização, evolução dos passos, conjunto e desenvolvimento do tema proposto, caso a Quadrilha Junina o traga.
d) Marcador: Será julgado pela capacidade de dirigir e conduzir o grupo (por Gestos ou Voz) para a execução dos movimentos coreográficos, com segurança e precisão.


e) Repertório Musical: A música poderá ser gravada ou ao vivo. As músicas utilizadas deverão ser do ciclo junino, ou de acordo com o seu tema, caso a Quadrilha Junina o traga. A diversidade dos ritmos e, a seleção musical ficará condicionada à apresentação do espetáculo da Quadrilha.


Art. 18 - Em caso de empate entre 02 (duas) ou mais Quadrilhas, o critério de desempate no resultado geral, será a maior nota obtida obedecendo a seguinte ordem dos itens em julgamento:

1º) Coreografia e harmonia;


2º) Animação;


3º) Figurino;


4º) Marcador;


5º) Repertório Musical.


CAPÍTULO VII – Da Premiação          


Art. 19 – Tendo cinco equipes participando serão premiadas as 03 (três) melhores Quadrilhas com troféus, e certificados, tendo quatro equipes serão premiadas as 02 (duas) melhores quadrilhas com troféus e certificado.


Art. 20 – A divulgação do resultado deverá ocorrer logo após a apresentação da última Quadrilha participante do Concurso.

 

II CONCURSO DE QUADRILHA

 

SEMINÁRIO ARQUIDIOCESESANO SANTO ANTÔNIO

 

FICHA DE INSCRIÇÃO

 

 
Nome do Grupo: ____________________________________________________

 

Paróquia: __________________________________________________________

 

Responsável (contato): _______________________________________________

 

Tel fixo: _________________   Tel celular: _________________

 

Endereço: __________________________________________________________

 

E-mail: _________________________ Facebook: __________________________

 

 
Estou de pleno acordo com o regulamento do 2° Concurso de Quadrilha do Seminário Santo Antônio.





_________________________________

 

Coordenador / Responsável

 

 

  


Seminário Arquidiocesano Santo Antônio eMiolo.com
Av. Barão do Rio Branco 4516 - 36026-500 - Juiz de Fora MG
(32) 3239-8600 - seminario@seminariosantoantoniojf.com.br